Pecuaristas de Colíder e região encerram vacinação contra a febre aftosa nesta quarta-feira

HojeNews - Os pecuaristas dos municípios de Colíder, Nova Canaã, Santa Helena, Itaúba, Peixoto de Azevedo, Alta Floresta, Terra Nova do Norte e Matupá encerram nesta quarta-feira (30/11) a segunda etapa da vacinação contra febre aftosa. 

Em Colíder, o rebanho bovino é de aproximadamente 400 mil cabeças. A previsão é imunizar 29,3 milhões de cabeças em todo o Mato Grosso. 

O chefe do Indea em Colíder, Newton Castilho, informa que nesta etapa é obrigatória a vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando.  "A comunicação da imunização dos animais deve ser feita até o dia 12 de dezembro, nos escritórios do Indea", informa.

Na comunicação da vacinação, o produtor precisa apresentar a nota fiscal da compra das vacinas e a relação dos animais imunizados. 

O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de 2,25 em UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado. 

Brucelose

A segunda etapa da campanha contra brucelose segue até 31 de dezembro. A vacinação precisa ser feita uma única vez nas fêmeas com idade de 3 a 8 meses. É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a 8 meses. 

As bezerras deverão receber a marca com a letra V, acompanhada do algarismo final do ano da vacinação, por exemplo: V6. A vacinação deve ser feita por médico veterinário ou vacinador sob sua supervisão.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI