Aluna de 17 anos de Colíder representou Mato Grosso no Programa Jovem Senador



Sérgio Ober, de HojeNews - A estudante Eduarda Judith Dias Jacome Silva (17), da Escola Estadual Desembargador Milton Armando Pompeu de Barros, de Colíder, foi a representante de Mato Grosso na edição 2016 do Programa Jovem Senador, um projeto do Senado. Entre os dias 27 de novembro e 3 de dezembro, ela esteve em Brasília integrando a delegação de alunos e professores orientadores de ensino médio de escolas públicas estaduais, um de cada Estado,

Os trabalhos são encerrados na sexta-feira, com a discussão final no Plenário do Senado Federal de todas as propostas apresentados durante os trabalhos do Jovem Senador 2016. As proposições dos alunos tiveram a tramitação iniciada como sugestão, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa e, após aprovação na Comissão de Direitos Humanos, podendo tramitar como projeto de lei do Senado.


Desde a sua primeira edição em 2011, o 162 Jovens Senadores que passaram pelo Senado já apresentaram 42 sugestões legislativas e 38 estão em tramitação. A maior parte das proposições trata de temas da área de Educação e Meio Ambiente. Os projetos estão especialmente voltados para solucionar os problemas que os próprios alunos enfrentam em sua rotina de estudante, na relação com a escola, com os profissionais da área e com a qualificação profissional para inserção futura no mercado de trabalho.

A lista completa dos vencedores do Jovem Senador 2016 está divulgada no site www.senado.gov.br/jovemsenador. Os 27 estudantes do ensino médio das escolas públicas, um de cada unidade da Federação, foram selecionados por meio do 9º Concurso de Redação do Senado Federal. Mais de 6 mil professores atuaram como orientadores e mais de 282 mil estudantes em todo o país escreveram redações com o tema “Participação política: no parlamento, nas ruas e nas redes sociais”.

Perfil de Eduarda

Como projeto profissional, Eduarda Judith quer estudar Engenharia Civil e ser referência na sua área. “Sonho em ser independente e viajar pelo mundo, conhecer novas culturas. Depois de formada e estabilizada quero construir uma família”.
Sobre a participação política dos jovens, Eduarda Judith acredita que todos precisam ser cidadãos ativos politicamente. “O jovem que participa da política de hoje é o adulto de amanhã com plena consciência política de estar exercendo seu papel como cidadão. Assim, nós devemos estar cada vez mais próximos da política, participar de fato e contribuir para inovações. O Brasil precisa abrir mais espaços para a juventude, para poder ouvir o que o jovem tem a dizer, somos o futuro dessa nação e precisamos atuar em um espaço em que sejamos ouvidos”.

Como figura pública que admira, indicou o ex-ministro do Supremo Trobunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, o primeiro presidente negro no Supremo Tribunal Federal. “É um homem de bem que ilustra uma história de superação de preconceitos. Sua garra pela justiça, sua humildade, e sua honestidade fazem parte do conjunto de princípios que o fazem irradiar inspiração”.

Como hobby, Eduarda Judith gosta de ouvir música, assistir filmes, ler e estar com a família. Seu livro favorito é “Os miseráveis” de Victor Hugo e seu gosto musical bem eclético, vai desde MPB até Internacionais.


A família

Sobre sua família, a Jovem Senadora de Mato Grosso não poupa elogios e palavras de muito carinho: “Eles são tudo para mim e fazem de tudo para me verem bem, me apoiam sempre e são minha motivação para nunca desistir dos meus sonhos. Falar da minha família é algo totalmente difícil para mim, não porque eu não tenha o que dizer, é que eles são tão importantes que não consigo descrever com exatidão o tamanho da minha felicidade e gratidão por tê-los comigo".

Ela afirma que o pai e a mãe são suas fontes de inspiração. "Os admiro tanto. Meu pai é um grande vencedor, e minha mãe uma grande mulher, tudo que sou hoje devo a eles, que me ensinaram a ser correta e prezar pelo meu caráter. Minha vontade de crescer veio deles, que estão sempre me apoiando e me mostrando que a verdadeira vitória passa por longos caminhos árduos. Somos muito unidos e nossa amizade é imensurável, meus melhores amigos moram comigo”.

A redação


A professora incentivou

Eduarda conta que foi motivada a participar do Jovem Senador pela sua professora de português, Cintia Bárbara Zocolotto. A Jovem Senadora revela que quis vivenciar de perto o processo de elaboração das leis no Brasil e contribuir de alguma forma com sua atuação. “É com certeza um projeto que me chamou bastante a atenção pela interação com o jovem”.

Ao saber de sua classificação no Jovem Senador, a surpresa foi grande e cheia de emoção: “Foi uma sensação inexplicável. Eu estava trabalhando e quando vi na chamada que estava a localização de Brasília eu já comecei a tremer. Ao ouvir que eu fui escolhida foi muita alegria, cheguei até chorar, todos os meus colegas de trabalho me parabenizaram. Não era algo que eu esperava, foi surpreendente e emocionante. Meus pais ficaram sabendo na hora, por ligação já dava pra sentir a emoção vinda das vozes deles. Quando cheguei em casa não faltaram abraços, beijos e olhares de orgulho e felicidade pela conquista”.

Uma frase que gosta

“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar” - Nelson Mandela


Jovem Senador

Em 2016, o Jovem Senador mobilizou mais de 267 mil alunos matriculados no ensino médio de escolas públicas estaduais em todo o país, com até 19 anos. Os professores orientadores das redações selecionadas serão premiados com uma viagem a Brasília e acompanharão seus alunos, participando de uma programação específica na capital, incluindo um curso de formação. Ao todo, o Jovem Senador contou diretamente com o apoio de 7.525 professores orientadores.

Os primeiros colocados nacionais foram escolhidos num universo de 27 redações, uma por unidade da Federação. Os textos passaram por duas seleções: uma na escola e outra na Secretaria de Educação do Estado e do Distrito Federal. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS