Colíder: Entidade protetora de animais recebe R$ 13 mil para resgate de cães abandonados


HojeNews - A Associação dos amigos dos Animais de Colíder (AADAC) terá acesso a recursos provenientes da Justiça do Trabalho.

A informação é de Heloisa Zauza, presidente da entidade. O repasse de 13 mil foi assegurado através de um projeto apresentado ao Comitê Multi-institucional de Colíder.

Heloisa diz que o dinheiro será utilizado no resgate de animais abandonados e que perambulam pelas ruas da cidade.

Além da AADA, outros tês projetos de Colíder foram beneficiados com recursos da Justiça do Trabalho: Central Única das Favelas (Cufa Colíder), Associação dos Catadores de Lixo e uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em parceria com o Conselho Tutela.

"É muito importante o trabalho dessas entidades, porque elas desempenham papéis que, normalmente, seriam de responsabilidade do poder público", justifica do juiz Mauro Roberto Vaz Curvo.

"E a partir do momento em que apoiamos, esses projetos acabam trazendo uma economia aos cofres públicos do Estado e do município", acrescenta o magistrado.

Também foi beneficiada com R$ 9 mil a Comissão da Patoral da Terra (CPT) de Nova Canaã do Norte. O recurso será utilizado para a compra de equipamentos de informática.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS