Colíder: Vanderlei comenta que prefeitura exige investimentos em estrutura e pessoal e sugere realização de concurso público



HojeNews - Confirmado nesta sexta-feira (30/12) pelo prefeito eleito Noboru Tomiyoshi (PSD) para o cargo de secretário municipal de Administração, o consultor de gestão e finanças Vanderlei Borges prevê momentos difíceis no primeiro trimestre da próxima gestão municipal de Colíder.

Aliada à previsão de piora da economia brasileira em 2017, a falta de estrutura encontrada pela equipe de transição na Prefeitura de Colíder exigirá do governo de Noboru exigirá muito planejamento e um rigoroso controle dos recursos públicos.

"A estrutura funcional, de equipamentos e de pessoal da Preeitura demanda um pouco de atenção, o que poderá fazer com haja demora no surgimento dos primeiros resultados. Mas é possível de recuperar a administração municipal e fazer com que a prefeitura volte a funcionar da melhor forma possível", comenta Vanderlei.

Ele alerta para a necessidade da realização de concurso público ainda em 2017. "Vamos fazer um levantamento e, talvez, venhamos a realizar o concurso no segundo semestre para atender o aumento da demanda por novos servidores, substituir os nomeados ou terceirizados e repor aqueles que deixaram o serviço público", explica.

Com relação aos equipamentos usados para obras e serviços públicos, Vanderlei Borges afirma que a maioria está se deteriorando pela falta de manutenção. "Equipamentos até relativamente novos estão sem boas condições de trabalho. Então, deverá haver investimento em reparação e adequação desse maquinário".

Uma das preocupações de Vanderlei é com o volume de recursos proveniente da receita, que está na média ou abaixo da média em relação a outros municípios de Mato Grosso. "Mas se fizermos uma boa economia e usar o recurso público com racionalidade é possível que sobre dinheiro para fazermos investimentos, na maioria das vezes em contrapartidas de convênios com o Estado ou com a União".

O futuro secretário de Administração garante, no entanto, que a gestão de Noboru cumprirá as propostas do Plano de Governo e fará muitos investimentos em Colíder. "Mesmo com essa crise, existem muitos projetos e recursos não acessados pela falta de projetos. E a liberação desse dinheiro acontece através de emendas para deputados. Com a articulação política de Noboru junto aos seus parceiros políticos entendo que teremos acesso a esses recursos", avalia Vanderlei.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS