Dnit anuncia licitação para recuperação de trechos críticos nas BRs 163 e 158 em MT

HojeNews - Principais vias de escoamento da produção agrícola de Mato Grosso, as rodovias BR-163, BR-158 e BR-242 receberão serviços de manutenção através do Programa de Contratação, Restauração e Manutenção por resultados de Rodovias Federais Pavimentadas (Crema). 

O Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit) já está licitando as obras para garantir que não haja interrupções no tráfego nessas rotas. Os avisos de licitação foram publicados no Diário Oficial da União (DOU). O primeiro trecho compreende nove segmentos da BR-163, em 277 quilômetros de rodovias. 

O segundo prevê recuperações em 130 quilômetros de pavimento e envolve trechos da BR-158 e BR-242. “O trajeto também é importante rota de escoamento até a região conhecida como médio e baixo Araguaia, onde possibilita que essa produção vá alcançar o Porto de Itaqui, no Maranhão”, salientou o diretor de Infraestrutura Rodoviária (DIR) do Dnit, Luiz Antônio Garcia.

O investimento será de cerca de R$ 200 milhões. Para a BR-163 o contrato será de R$ 153,4 milhões e para a BR-158, de R$ 50,3 milhões. O percurso é importante para a vazão da safra de diversas culturas, como a soja e o milho, até Miritituba, no Pará. Lá, os grãos embarcam nos portos e seguem através do Rio Tapajós.

O Superintendente Regional do Dnit em Mato Grosso, Orlando Machado, destaca que o contrato de manutenção referente à rodovia BR-163 terá a vigência de cinco anos e para a BR-158 de três anos. “Isso representa um reforço na manutenção da qualidade do pavimento dessas estradas federais, de modo a atender plenamente as necessidades de trafegabilidade, garantindo segurança a todas as cargas e também conforto aos usuários”, salienta.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS