Garota de 24 anos que lidera facção no Nortão de MT ficará presa na cadeia de Colíder


HojeNews - Presa na última segunda-feira (5/12) em Sinop pela Polícia Civil, a líder da facção criminosa do Comando Vermelho, Mariana Reis Moscatelli de Carvalho (24) deverá ficar detida na cadeia feminina de Colíder.

Mariana, que comanda o tráfico de drogas nos municípios do Nortão de Mato Grosso e, também recrutava novos integrantes para a facção, prestou depoimento nesta terça-feira (6). Ela já foi detida mais de 10 vezes. Em uma das prisões ela tirou fotos de celular junto com outras detentas e publicou nas redes sociais.


Os policiais chegaram até Mariana durante a investigação de roubo e tráfico em Sorriso. Os investigadores estimam que ela vinha lucrando cerca de R$ 20 mil por mês com o tráfico.

O delegado Bruno Abreu, da Polícia Civil de Sorriso, relata que Mariana abria 'bocas de fumo' em cidades da região com efetivo policial pequeno.

Em um das casas da criminosa, a polícia encontrou um 'código de conduta' escrito a mão e quer era seguido pelos integrantes da facção.

O documento lista as normas e regras para os membros do grupo.
Um dos artigos decreta pena de morte para policiais. “É uma situação muito preocupante. Além disso, sociedade, não reaja aos crimes porque eles também são obrigados a matar”, avalia o delegado.

"O poder de liderança dela é muito grande. Ela diz quando e se os crimes vão ocorrer. Ela dá comida, abrigo e casa para esses traficantes”, explica Bruno Abreu.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS