Menino de 12 anos é acusado de estuprar colega de 7 em escola; mães se desentendem


Olhar Direto - Um menino de 12 anos foi acusado por abusar sexualmente de um colega de escola de apenas 7 na sexta-feira (7), em Várzea Grande. A situação foi registrada depois que a mãe da vítima, ao dar banho na criança, percebeu ferimentos na região anal e o questionou sobre o que havia acontecido. As mães dos dois envolvidos chegaram a se desentender na diretoria da instituição.

De acordo com o boletim de ocorrência nº2016 388588, o menino então relatou que era freqüentemente abusado pelo aluno mais velho, G.L.C.A que estuda em uma sala ao lado da sua. G.L se aproveitaria dos momentos em que a que a outra criança ia ao banheiro, que não possui trancas nas portas.

Diante das informações a mulher se deslocou até a escola estadual, onde, em conversa com a diretora, solicitou a presença da mãe do outro menor. Com a chegada da responsável, as duas acabaram se desentendendo, momento no qual a Polícia Militar (PM), foi acionada.

A diretora informou à polícia que não tinha conhecimento sobre o caso, uma vez que o estupro não foi relatado pela vítima. As duas crianças foram encaminhadas à Central de Flagrantes junto a seus pais, a diretora e o coordenador da instituição. O Conselho Tutelar também foi acionado para a tomada de providências cabíveis.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS