Presa quadrilha que usava empresa de fachada de Campo Grande para aplicar golpe de R$ 2 milhões em Mato Grosso


HojeNews - A Polícia Civil prendeu terça-feira (6/12) em Rondonópolis (MT), Cuiabá (MT) e Campo Grande (MS) 11 integrantes de uma organização criminosa especializada em crimes de estelionatos.

Através de empresas fictícias, a quadrilha comprou mais de R$ 2 milhões em equipamentos agrícolas de 12 vítimas.

Oito integrantes do grupo criminoso foram presos em Mato Grosso, sendo sete em Rondonópolis e um em Cuiabá. Três foram detidos em Campo Grande. 

Em Rondonópolis, os policiais também realizaram apreensões de maquinários agrícolas, veículos e até um gerador de energia em uma residência, uma transportadora, um supermercado e em uma fazenda.

De acordo com a delegada Ana Cláudia Medina, os investigados usavam uma empresa de fachada, a Soares Rocha Construções Ltda, com sede em Campo Grande, para a comprar os maquinários agrícolas.

Os presos em Mato Grosso estão sendo transferidos para Campo Grande, onde serão interrogados e indiciados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS