Tráfego na BR-163 deve ter aumento de 23% no fim de ano em MT; Veículos de carga não poderão transitar no período


HojeNews - O fluxo de veículos de passeio na BR-163 e na BR-364 deve aumentar 23% neste final de ano. A estimativa é de maior fluxo nos dias que antecedem o Natal (23 e 24 de dezembro) e a chegada de 2017 (30 e 31 de dezembro). No retorno das festas também deve ocorrer uma maior concentração dos veículos de passeios nas rodovias.

A estimativa tem como base a movimentação do ano anterior e a Concessionária Rota do Oeste alerta para os cuidados com os itens de segurança do veículo que os usuários devem ter para garantir uma viagem segura e tranquila.

O gerente de Tráfego da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, destaca que em Mato Grosso o histórico de movimentação nas praças de pedágio durante os feriados demonstra que a passagem de veículos é maior nas saídas de Cuiabá. Na região sul do Estado, o fluxo de veículos também cresce na primeira e na segunda praça atendendo àqueles que chegam ao Estado. No norte, a praça mais movimentada é a de Sorriso. “O aumento nesses pontos é de pelo menos 15% durante os feriados. Para esse período, trabalhamos com essa estimativa também”.

Para atender a demanda e evitar filas nos pedágios, a Concessionária garantirá a manutenção de todas as cabines abertas e terá à disposição ‘papa-fila’, que são operadores de arrecadação atuando nos pontos onde eventualmente ocorram grande acúmulo de veículos esperando para passar nas cancelas. Esse procedimento é válido somente para as cabines de cobrança manual.

Todos os serviços operacionais estarão disponíveis 24 horas por dia, envolvendo cerca de 500 funcionários nas atividades ao longo da rodovia. Todo serviço é coordenado pelo Centro de Controle Operacional (CCO). Em caso de emergência ou necessidade de informações, o usuário pode acionar o 0800 065 0163.

A Rota do Oeste conta com 18 ambulâncias para atendimento médico, sendo cinco delas com UTI móvel, 18 guinchos leves para remoção de veículos, oito guinchos pesados para remoção de caminhões e veículos pesados, 19 veículos de inspeção de tráfego e cinco caminhões pipa para combate a incêndios às margens da BR-163.

Veículos de carga

O aumento de veículos de passeio na BR-163 se contrapõe à queda no número de caminhões e carretas trafegando pela rodovia. Para este período é esperada uma redução de 24% de veículos de cargas trafegando pela via.

Em dias de tráfego normal do mês de dezembro, a Rota do Oeste registra um fluxo médio na BR-163/364 de 32% de carros de passeio, 66% de cargas e 1% de motocicletas. Com a mudança de perfil na época dos feriados, as motos representam 2% do fluxo, os veículos de passeio são responsáveis por 56% do tráfego na rodovia, enquanto os de carga caem para 42%.

Restrição

Para reduzir o trânsito nas estradas, neste ano a Polícia Rodoviária Federal proíbe o tráfego de Combinações de Veículos de Carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET) em 24 e 31 de dezembro, entre 14h e 22h. Estão inclusos neste grupo carretas bitrem e cegonhas. As informações são da assessoria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS