Criminalidade aumenta em Colíder e assusta a população; Câmara convoca reunião para debater ações de combate


HojeNews - Colíder experimenta nos últimos meses um crescimento considerável dos índices de furtos, assaltos e tentativas de assassinato com facas e armas de fogo. Os crimes se reproduzem todos os dias e sobrecarregam as forças de segurança do município, que já foi um dos mais tranquilos de Mato Grosso.

Na noite de terça-feira (17/01), por exemplo, um tiro disparado de uma motocicleta feriu Ivo Matias Israel Junior (21) no bairro Celídeo Marques. Poucos dias antes, o jovem – considerado um dos criminosos mais violentos do Nortão – já havia sido alvejado a tiros na perna. No mesmo dia, também no Celídeo, Fabrício Halateno foi detido pela Polícia Militar portando uma submetralhadora de fabricação artesanal.

Por volta das 17h30 de segunda-feira (16/01) dois criminosos armados invadiram uma residência no bairro Cidade Alta e renderam um casal para roubar uma picape. No dia 10 de janeiro foi preso um homem acusado de disparar em dezembro contra a perna de um jovem após uma discussão no centro de Colíder. E nos últimos dias de dezembro estupradores invadiram residências para abusar sexualmente de duas mulheres.

Diante do aumento da sensação de insegurança e para debater medidas de combate ao crime e de apoio às polícias Civil e Militar, a Câmara de Vereadores está convidando autoridades e representantes da sociedade organizada para uma reunião no dia 25 de janeiro, às 8h30, na sede do Legislativo.

"O objetivo é ouvir sugestões, apresentar ideias e apontar soluções viáveis para conter essa onda crescente de crimes em nosso município, tanto na cidade quanto na zona rural, onde chacareiros e pecuaristas também são vítimas de bandidos", justifica o vice-presidente da Câmara, Marcos Aragão, o Marquinhos (PSD), que está organizando o encontro.

Segundo ele, a Câmara de Colíder, que tem como presidente o vereador Rica Matos (PSD), está atenta aos problemas que afligem a população. "Estamos alertas e temos a esperança de soluções animadoras. Não podemos ficar omissos a esse aumento espantoso e desenfreado da violência em Colíder. Precisamos de medidas urgentes para coibir os furtos e roubos na cidade e no campo. E a iniciativa da Câmara pretende dar o primeiro e importante passo para restabelecer a segurança", diz Marquinhos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS