Empresária de MT esfaqueia funcionário após ser agredida; mulher alega que ele abusava de sua filha de 12 anos

Olhar Direto - Proprietária de um restaurante no calçadão da Ricardo Franco, no centro de Cuiabá, esfaqueou um funcionário e o acusou de estupro de vulnerável, contra sua filha de 12 anos. Fato ocorreu na manhã de quinta-feira (5), no estabelecimento. Homem recebeu atendimento médico, mas foi preso diante da acusação e confirmação da menor, de que ficaria nu, na sua presença.

A mulher identificada como D.S.S.esfaqueou um de seus funcionários após ser agredida e suspeitar que ele houvesse abusado sexualmente de sua filha, de 12 anos. Para se defender a vítima conseguiu alcançar uma faca e desferir um golpe contra o braço do homem, que recebeu atendimento médico e foi preso em seguida.

À Polícia Militar (PM), responsável pelo atendimento da ocorrência, a menor negou ter havido estupro, mas informou que o homem sempre tentava abraçá-la contra sua vontade e que já teria ficado nu em sua frente. O suspeito, identificado como M.A.F.S, de 32 anos, dorme nas dependências do estabelecimento e trabalha no local há pouco mais de quatro meses.

De acordo com o boletim de ocorrência, durante a manhã de ontem ele começou a exigir dinheiro da proprietário, dando início a uma discussão com uma série de xingamentos contra ela e a filha . Na sequencia M.A.F.S passou a agredir a chefe e chegou a enforcá-la. A mulher relatou que descobriu que ele estava assediando a filha adotiva, e teria consumado ato sexual com a garota.

Ferido, homem foi atendido no local por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e posteriormente levado para a Central de Flagrantes. Ele já responde no Juizado Especial Criminal da Capital, por ameaça e resistência e pode responder por mais estas acusações.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS