Enfurecida, enfermeira vai à fazenda do ex em MT, atira contra casa com revólver e ameaça de morte; veja fotos

Portal Sorriso - O dono de uma propriedade agrícola situada na BR-163, na altura do km 729, a cerca de 35 km de Sorriso, sentido Lucas do Rio Verde, foi à delegacia de Polícia Civil para denunciar que a sua ex-mulher efetuou diversos disparos de arma de fogo na fazenda. Ele declarou que a acusada ainda ameaçou matar ele e os seus filhos.

De acordo com as informações registradas no boletim de ocorrência, a vítima e a acusada mantiveram um relacionamento por 5 anos, mas estão separados há 6 meses. Segundo o homem, os tiros disparados pela ex-mulher atingiram janelas e outros lugares da fazenda na última segunda-feira (2), por volta das 20h45min.

Ele afirmou que os caseiros e a filha deles só não foram atingidos porque supostamente a munição acabou. O denunciante disse que não estava no local quando a ex-mulher efetuou os disparos. Quando chegou à fazenda, ele afirma que a acusada já tinha sido segurada pelas pessoas que estavam no local.

Uma mulher, amiga da suspeita, também teria tentado conter a acusada após os disparos.

Após efetuar os disparos, a mulher ainda tentou entrar na casa do ex, mas foi impedida.

O homem disse que procurou a polícia porque a acusada ameaçou matá-lo, bem como o casal de caseiros da fazenda e a filha deles.

Após diligências, os investigadores da Polícia Civil conseguiram encontrar a amiga da acusada. Ela foi conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos.

'Separação traumática'

A enfermeira Cleide da Silva Lemes, acusada de ter descarregado uma arma de fogo dentro da sede de uma fazenda que fica a aproximadamente 50 km de Sorriso, se apresentou na delegacia de polícia, acompanhada de um advogado, para prestar esclarecimentos.

Antes de prestar depoimento à polícia, Cleide disse que está passando por uma “separação traumática que lhe causou sérios problemas emocionais”. Ela alega que o ex não lhe paga uma dívida há 2 meses.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS