Funkeira Ludmilla é alvo de comentário racista de apresentador da Record: 'Pobre, macaca'

Purepeople - Ludmilla voltou a ser alvo de comentários racistas: no entanto, ao contrário do que aconteceu no ano passado, quando o perfil denunciado pela cantora era de um anônimo, dessa vez o ataque aconteceu em um programa da Record.

À frente do "Balanço Geral" na Record TV Brasília, o apresentador comentou uma nota - negada pela artista - que indicava uma recusa da funkeira a tirar fotos com fãs em um restaurante no Rio de Janeiro. 

"É uma coisa que não dá para entender. Era pobre, macaca...pobre, mas pobre mesmo. Eu sempre falo para os meus amigos: eu era pobre e macaco também. Eu era não...eu sou rico hoje, de saúde, graças a Deus", disse ele durante o quadro "A Hora da Venenosa", se referindo à autora do hit "Sou eu". 

De acordo com o colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", Ludmilla já manifestou o desejo de levar o caso à polícia.

Procurada pelo Purepeople, a assessoria de imprensa confirmou a informação. "A assessoria jurídica da cantora Ludmilla tomara todas as medidas legais cabíveis. Ela se pronunciará através das suas redes sociais", afirmou a representante de Ludmilla.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS