Mulher de 29 anos vai para garimpo ilegal em busca de ouro e desaparece em MT

G1MT - A jovem Paula Andressa, de 29 anos, que se mudou para um garimpo no município de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, em busca de ouro está desaparecida há pelo menos 10 dias, segundo familiares dela. O último contato com a jovem foi feito por telefone na terça-feira (3). Paula saiu de São José das Palmeiras (PR) e morou no Pará antes de tentar a sorte na área de garimpo que ficou conhecida como ‘Nova Serra Pelada’.

Segundo a prima de Paula, Rafaelyn Gregório Brum, um boletim de ocorrência relatando o sumiço foi registrado na Polícia Civil de Pontes e Lacerda, que investiga o caso. A tia da jovem desaparecida viajou até o município à procura de notícias da sobrinha

"Tudo na casa dela estava intacto, as bolsas, os móveis, R$ 200 que ela tinha pegado emprestado com um amigo. Até os remédios que ela toma e que são controlados estavam na casa”, contou Rafaelyn, explicando que a prima havia sido diagnosticada com depressão de terceiro grau e estava em tratamento.

Paula morava em uma casa alugada e havia afirmado à família que pretendia ir embora assim que o aluguel vencesse, no dia 10 de janeiro. “Ela [Paula] pretendia voltar para o Paraná, porque precisava fazer tratamento", disse Rafaelyn.

O último contato da jovem foi feito com a mãe por telefone. “A ideia dela [Paula] era continuar o tratamento perto da família, por orientação da médica dela”, afirmou a prima.

Antes de se mudar para a área de garimpo, Paula morou em Novo Progresso (PA) e montou uma funerária. Para ir em busca de ouro, no entanto, ela vendeu o estabelecimento e se mudou para Pontes e Lacerda.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI