Polícia Civil evita confronto entre tribos indígenas em fazenda de Mato Grosso


HojeNews - A Polícia  Civil evitou o confronto entre duas tribos indígenas que entraram sem autorização na Fazenda Porto Velho, no município de Confresa, na divisa com Santa Terezinha (MT).

No local, os policiais se depararam com indígenas das etnias Tapirapé e Kanelas, em potencial situação de conflito pela posse das terras da fazenda. A chegada dos investigadores inibiu o confronto.

A maioria dos índios portava arcos, flechas, facões e bordunas. Os Tapirapés reivindicavam a saída dos índios Kanelas na região, justificando que não os reconheciam como etnia originária do local. 

Por sua vez, a Etnia dos Kanelas, argumentava que possuíam orientações de um procurador federal, para permanecer na fazenda para exigir a posse daquelas terras.

Após o diálogo com os policiais, os índios Tapirapé decidiram retornar a sua aldeia de origem, evitando o conflito. Os índios da etnia Kanela permaneceram na área.

Segundo o delegado regional de Confresa, Marcos Aurélio Dias Leão, o fato pode gerar conflitos futuros, inclusive com o legítimo possuidor da fazenda. 

“Em razão disso, o relatório produzido pelos policiais, assim como as fotografias respectivas, serão enviadas à Funai e à Delegacia de Polícia Federal em Barra do Garças, para conhecimento e eventuais providências”, destacou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI