Colíder: Polícias Civil e Militar frustram assalto, prendem 4 menores e libertam família

HojeNews - Uma família feita refém por quatro adolescentes armados por quase cinco horas durante assalto na noite de quinta-feira (9/02), em Colíder, foi libertada em ação conjunta da Polícia Civil e a Polícia Militar.

G.H.B.B. (13), A.L.A. (15), B.N.S. (15) e R.S.P. (17) já tem passagem pela polícia por roubo. Por volta das 20 horas, os quatro criminosos invadiram uma casa no bairro Residencial Maringá. Cinco pessoas -- entre elas, uma criança recém-nascida -- foram rendidas.

A Polícia Militar foi acionada e confirmou que os bandidos ainda estavam no imóvel, que foi cercado. O delegado Ruy Guilherme Peral da Silva disse que os menores demonstravam nervosismo e violência. Eles efetuaram três disparos.

Após uma longa negociação, os infratores exigiram um colete em troca da primeira refém libertada, uma mulher. Em seguida, eles exigiram a presença da imprensa local para soltar as outras vítimas.

Cumprida as exigências, somente às 04 horas da madrugada de sexta-feira (10.02), os adolescentes saíram de dentro da casa. Um deles ainda estava a arma apontada para a cabeça de um dos moradores, e o outro infrator com o bebê no colo.

Depois de se entregarem, eles foram conduzidos à Delegacia de Colíder, onde foram ouvidos e autuados em flagrante.

Ruy Guilherme informa que no dia 3 de fevereiro o adolescente R.S.P. havia sido detido por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. “Foi liberado no dia 7 e continuou a cometer crimes”, lamentou. 

Segundo o delegado, somente na quinta-feira (7/02) os menores já haviam praticado outros dois roubos. Outras vítimas compareceram à Delegacia, reconheceram e denunciaram os menores.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS