Mulher de gerente de banco escapa de cativeiro com bebê após sequestro em MT

G1MT - A mulher do gerente de um banco e o filho do casal, de dois meses, foram sequestrados em Paranatinga, a 411 km de Cuiabá, nesta terça-feira (7). Eles foram levados para Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, e mantidos em cativeiro em uma área de mata. A mãe conseguiu escapar com o bebê do cativeiro quando o sequestrador que vigiava o local se distanciou do cativeiro para fazer uma ligação telefônica, segundo a Polícia Militar.

Conforme o major da PM, Gabriel Souza Coutinho, os dois homens invadiram a casa do gerente de uma agência bancária daquela cidade quando ele estava trabalhando e renderam a mulher dele, Renata Morais Cajango Silva, de 30 anos, e o filho deles, na tarde de terça-feira.

A mãe e a criança foram levadas para o cativeiro. De lá, os sequestradores entraram em contato com o gerente pedindo uma quantia em dinheiro. "Ligaram para o marido dizendo que estavam com a mãe e o bebê e pediram o resgate de aproximadamente R$ 400 mil e disseram que não era para chamar a polícia. No entanto, ele nos avisou", contou o major.

Enquanto a polícia já fazia as buscas pelas vítimas, a mulher conseguiu escapar do cativeiro. "A Renata percebeu que um deles saiu para atender ao telefone, pulou a cerca e correu até entrou uma rua, onde encontrou uma família que a ajudou”, explicou.

Com a ajuda dessas pessoas, ela entrou em contato com a irmã que mora em Alto Garças, a 366 km de Cuiabá, pois era o único número que ela lembrava.

Policiais da Força Tática foram até o local onde as vítimas foram mantidas em cativeiro por algumas horas, mas não encontraram os sequestradores. Renata informou à polícia que eles estavam encapuzados e armados. Os dois suspeitos ainda não foram identificados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS