Milionário desiste de fortuna após acidente e doa dinheiro para filantropia no Brasil

O sírio Mazzi Dumato, de 38 anos, teve a vida virada de ponta cabeça há oito anos após sofrer um acidente quase fatal enquanto dirigia sua Ferrari. Depois da experiência de quase morte, o jovem de Damasco, criado entre o Brasil e Dubai, resolveu desistir da fortuna e da carreira para dedicar sua vida à filantropia.

O ponto crucial para abandonar de vez a rotina de luxo foi quando conheceu Milena, sua atual namorada, e reavaliou a própria vida, decidindo doar três milhões de libras, o equivalente a quase 12 milhões de reais, apenas para caridade e para a própria família.

"Eu comprei uma Ferrari e pensei que tinha alcançado tudo que queria alcançar. Eu comecei a festejar e duas semanas depois eu me envolvi em um acidente com outros cinco carros. Eu dormi [no volante] e acabei embaixo de um caminhão", contou Mazzi, revelando que decidiu viajar após passar pela experiência.

"Um ano depois que eu deixei Dubai eu estava em um clube no Brasil e ouvi essa mulher falando sobre a África. Ela era voluntária no Congo depois de ter sofrido com Leucemia. Eu me encontrei com ela depois que ela voltou e agora Milena é minha esposa e quem me inspirou tremendamente", continuou. 


Embora já estivesse determinado em ajudar outras pessoas, Dumato passou por momentos de tensão após a companheira ser novamente diagnosticada com câncer. Ao todo, ele gastou 700 libras, o equivalente a quase três mil reais, em seu tratamento.

"Basicamente eu doei todo o meu dinheiro. Quando eu deixei Dubai, eu tinha cerca de três mil libras. Eu gastei cerca de um milhão em uma propriedade e os outros dois milhões foram para a conta do tratamento de câncer da minha mulher e para o tumor no cérebro do irmão dela, que ele ainda está tratando no hospital", explicou. 


Morando atualmente no Peru, o homem abriu um negócio no qual vende cristais, medicamentos naturais e roupas orgânicas para diversas partes do mundo. Ele também investiu parte do dinheiro em um projeto dedicado ao tratamento de pessoas e prevenção ao câncer em Florianópolis que, segundo ele, deve ficar pronto até o final do ano.

Fonte: RedeTV!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS