Encontrado em Terra Nova do Norte corpo de adolescente que desapareceu após sair para vender carro; suspeito detido

O corpo da adolescente de 15 anos, Alana Ramos de Jesus, foi encontrado no início da tarde deste sábado (15), pelos próprios familiares da vítima, em uma região de mata, localizado aos fundos da Associação dos Criadores de Terra Nova do Norte, em Terra Nova do Norte (620 km de Cuiabá). Ela havia desaparecido após sair com o veículo que tentaria vender em Sinop. Um suspeito de ter cometido o crime foi detido pela polícia.

A Polícia Judiciária Civil de Terra Nova do Norte confirmou ao Olhar Direto que o corpo foi encontrado por volta de 12h. Existiam marcas que apontavam pelo menos duas facadas nas costas da vítima. Porém, o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irá apontar com precisão a forma como a adolescente foi assassinada.

Uma pessoa, com quem Alan teria bebido na noite antes do crime, foi detida para averiguação. Porém, deve ser liberada ainda hoje. A adolescente teria dormido na casa deste homem. Outra pessoa também teria ingerido bebida alcoólica com a menor na mesma ocasião. O caso continua a ser investigado pela polícia.

Uma das irmãs de Alana é quem teria encontrado o corpo da jovem, após perceber um forte odor e encontrar o celular da vítima. O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. Ela será sepultada no cemitério de Terra Nova do Norte. Porém, o horário ainda não foi definido.

O veículo em que ela estava foi encontrado na estrada que liga Terra Nova do Norte a Sinop, com o pneu furado. A irmã de Alana, Catiane Rodrigues de Jesus, contou ao Olhar Direto que a menina saiu com o objetivo de vender o veículo, que era do falecido marido dela. Ela teria marcado um encontro com o suposto comprador. Ela estaria vendendo a picape para pagar as despesas do funeral do companheiro.

A família tentou diversas vezes contato pelo celular dela, mas não sem sucesso. A picape foi localizada na quarta-feira (12), ás margens da rodovia BR-163, próximo ao acesso da cidade de Itaúba. A Polícia Judiciária Civil investiga o caso e ouviu uma pessoa que teria dado carona ao homem que abandonou a picape e ficou em uma borracharia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS