Para cancelar prova, alunos queimam cadernos em sala de aula; três são internados

Três estudantes da Escola Estadual Jaime Veríssimo de Campos Júnior passarem mal e foram internados na manhã desta quinta-feira (27), depois que colegas atearam fogo em folhas de caderno dentro da sala de aula. A suspeita é de que os colegas tentavam evitar realização de uma prova, marcada para depois do recreio. A professora, no entanto, não teria cancelado a aplicação da avaliação.

As vítimas foram Socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e acompanhadas por membros da coordenação ao Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG). De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), elas já receberam atendimento médico, foram medicadas e passam bem.

Ainda segundo a Pasta, os menores já apresentavam histórico de problemas respiratórios e, como a sala estava fechada, devido à climatização, acabaram passando mal ao inalar a fumaça. Eles seguem na unidade de saúde em observação.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa afirmou que os responsáveis pelo ainda ainda não foram identificados. “A direção da escola informou que está apurando o que de fato ocorreu e que busca identificar os autores do ato de vandalismo. A escola está dando todo o suporte necessário aos estudantes e a suas famílias”, diz o texto.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI