Três pessoas são presas por uso de maquinário de prefeitura em propriedade particular

HojeNews - Um produtor rural e dois funcionários da Prefeitura de Jaciara (144 km ao Sul de Cuiabá) foram presos em flagrante pelo crime de peculato na tarde de terça-feira (04) pela Polícia Civil.

As investigações apontaram que havia maquinário do Executivo Municipal sendo utilizado em uma propriedade particular, com combustível do poder público, o que configura a prática criminosa descrita como peculato (art. 312, CP): “apropriação por parte do funcionário público, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou privado de que tenha a posse em razão do cargo, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio”.


Em deslocamento ao local foi constatada a veracidade da denúncia por volta das 15h quando os policiais civis se depararam com 02 caminhões caçamba, com o slogan da Prefeitura Municipal de Jaciara, descarregando cascalho para realizar fazer área de confinamento de gado.

Também foi encontrada uma retroescavadeira da Prefeitura, na área lateral da fazenda, que estava recolhendo terra e colocando em cima do caminhão.


Os veículos foram apreendidos e os três homens conduzidos à Delegacia de Polícia de Jaciara, onde foram autuados em flagrante os suspeitos A.V.N, 39, F.C.S, 34, e o proprietário da fazenda, R.P.S, 56.

O caso segue em investigação pela Delegacia de Polícia do município. De acordo com o delegado da Polícia Civil, Marcelo Melo de Laet, "o simples uso de maquinário configura em tese infração administrativa, no entanto, ao dispor do combustível público estão presentes os requisitos para o enquadramento criminal de peculato-apropriação", explica.

As informações são da assessoria da Polícia Civil.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS