Após denúncia, pai é preso suspeito de estuprar filha com paralisia cerebral em Sinop

HojeNews - Um homem de 34 anos foi preso pela Polícia Civil em Sinop, a 503 km de Cuiabá, após estuprar a filha de 13 anos de idade, que tem paralisia cerebral. O abuso ocorreu na quinta-feira (25) e foi denunciado pela mãe da vítima, após flagrar o companheiro deitado na cama da filha, com a bermuda abaixada.

Segundo a polícia, o suspeito foi preso na sexta-feira (26) e autuado por estupro de vulnerável. Quando foi flagrado pela mulher dele, o homem teria dito que "teve um minuto de bobeira". Em seguida, fugiu de casa, sendo localizado pela polícia apenas no dia seguinte.

De acordo com o delegado Carlos Eduardo Muniz, que investiga o caso, a mãe da vítima disse que foi dormir e deixou o companheiro sozinho na sala. Ao perceber que ele não havia se recolhido ainda, saiu para procurá-lo, encontrando-o deitado na cama da filha e abusando da menina.

De acordo com a polícia, o exame de conjunção carnal confirmou o estupro sofrido pela vítima. O pai ficou à disposição da Justiça e deve ser encaminhado para uma unidade prisional.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI