Filha gera polêmica ao dar leite materno para o pai com esperança de curar doença dele

Uma atitude polêmica de uma moradora Rugby, Warwickshire, Reino Unido, tem causado estranheza na população. Jill Turner, 30 anos, estava arrasada ao saber que o pai tinha câncer no intestino já em um estágio um pouco avançado. Sem saber como ajudá-lo, procurou na internet tratamentos alternativos e se interessou pelo uso do leite materno.

Segundo as pesquisas dela, o alimento poderia matar células cancerosas. Dessa forma, ela passou a dar para o pai, Fred Whitelaw, 64 anos, um copo do leite todos os dias pela manhã. “Pesquisei na internet e vi esse artigo que falava do uso desse item para outras funções. Já usei no eczema do meu marido e até para conjuntivite”, contou Jill ao Daily Mail.

A família e os amigos estranharam no começo, mas, como não tinham nada a perder, o pai começou a tomar o líquido. “Até agora, ele consumiu o leite materno por um mês. Então, ainda não sabemos se está funcionando, mas será interessante ver os resultados”, disse a filha.

O leite materno é fornecido pela própria filha, que acabou de ter um filho. O líquido, depois de retirado, é mantido na geladeira. “Ele não toma puro, sempre mistura com café”, explicou. “Vamos ao médico em quatro semanas e veremos o que aconteceu”, disse, esperançosa.

No entanto, os médicos avisam que não há nada comprovado que o leite materno ajude no tratamento do câncer. Inclusive, a Royal Sociedade de Medicina não recomenda o uso, ainda mais se o leite vier de fonte desconhecida. O produto pode espalhar vírus, como hepatite B e C, HIV e sífilis.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI