Garimpo é desativado antes de entrar em funcionamento em Santa Terezinha

HojeNews - Uma operação integrada denominada “Aureum Chaos” foi deflagrada no município de Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste), na quarta-feira (24.05), visando combater a extração ilegal de minério, em um garimpo, que estava sendo estruturado na região.

Na ação realizada pela Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, e Secretária de Estado do Meio Ambiente, duas pessoas foram presas, além da apreensão de duas armas de fogo, munições, motores e apetrechos para retirada ilícita dos metais.

O trabalho foi planejado pelas forças de segurança pública e o órgão estadual de proteção ao meio ambiente, após identificação da existência de um garimpo ilegal para extração de minério sendo construído em uma propriedade rural no município de Santa Terezinha.


Duas pessoas foram presas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e munições, pelos crimes de extração ilegal de minério e desmatamento de área de preservação permanente. No local também foram localizadas duas espingardas, munições, motores entre outros objetos utilizados no garimpo.

Conforme o delegado, Gutemberg de Lucena Almeida, todo o terreno devastado foi embargado pelos agentes de fiscalização da SEMA, além de autuado administrativamente.

"O principal objetivo é coibir o início de atividades ilegais de exploração de minério e combater a prática de outros crimes ambientais. Santa Terezinha é uma cidade com grande potencial turístico e que margeia o Rio Araguaia, uma das maiores riquezas naturais da região", completou o delegado Gutemberg de Lucena Almeida

Um total de 26 servidores participaram da operação, sendo 15 policiais civis das Delegacias de Polícia de Santa Terezinha, de Vila Rica e de São José do Xingu, e do Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA), com apoio de policiais militares e fiscais da SEMA.

O delegado destacou também a dedicação de toda equipe de investigadores e escrivães, que luta diariamente contra a criminalidade na região. "Com muito empenho e suor conseguimos desativar um ponto de garimpo em sua exploração inicial", disse. A informação é da assessoria da Polícia Civil.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS