Motorista é preso suspeito de abusar de aluno de 5 anos em van escolar em Mato Grosso

O motorista de uma van escolar, de 38 anos, foi preso pela Polícia Civil acusado de se aproveitar da função para abusar sexualmente de um menino de cinco anos, dentro do veículo, em Cuiabá. A prisão temporária do suspeito foi cumprida na quinta-feira (27), mas foi divulgada pela polícia apenas nesta terça-feira (2).

De acordo com a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), o motorista foi preso no Bairro Doutor Fábio I. Interrogado na delegacia, ele negou os abusos. O suspeito foi encaminhado ao Centro de Ressocialização de Cuiabá, no Bairro Carumbé, e deve ser indiciado por estupro de vulnerável.

Segundo a polícia, na função de condutor escolar, o motorista atendia a crianças de várias idades e que estudam em escolas diversas. Ele era investigado pela Deddica desde o dia 10 de abril, quando a mãe da vítima procurou a delegacia para comunicar que a diretora da escola onde o filho estuda, no Bairro Planalto, a havia alertado sobre os abusos sofridos pela criança.

Segundo as investigações, o abuso foi percebido por uma das estudantes que usava o transporte escolar. Ela informou a direção da escola que havia percebido, mesmo com a van em movimento, que o motorista teria abaixado a calça do menino de cinco anos e começado a manipular o pênis da criança.

Durante as investigações, a polícia constatou que o investigado não possuía a autorização exigida pela legislação para conduzir veículo de transporte escolar. Segundo a polícia, o suspeito - que já tem passagem pela polícia pelos crimes de roubo e latrocínio - se aproveitava do cargo que exercia para cometer os abusos sexuais.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI