Polícia pede prisão de traficante que matou companheira a tiros em Terra Nova do Norte

HojeNews - A Polícia Judiciária Civil de Terra Nova do Norte (675 km ao Norte) representou pela prisão preventiva de Marcelo Dias Teodoro, 37, acusado de assassinar a sua companheira com dois disparos de arma de fogo, no domingo (07.05), no município. O suspeito já era investigado pela Polícia por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

O crime foi praticado em frente aos três filhos da vítima de outro relacionamento, entre eles dois adolescentes e uma menina de apenas 4 anos. Após executar a companheira, Marcelo ainda atentou contra a vida de um dos filhos da vítima, mas não obteve êxito e foragiu do local. O crime aconteceu por volta das 23 horas de domingo (07.05). 

Segundo informações levantadas pelos policiais da Delegacia de Terra Nova do Norte, o suspeito chegou em casa armado e sem motivos aparentes efetuou dois disparos contra a companheira, Tatiane Oliveira da Silva. Os disparos foram direcionados contra a barriga e a cabeça, causando a morte instantânea da vítima.

A casa em que aconteceu o homicídio era investigada pela Polícia Civil por suspeita de funcionar como ponto de venda de drogas, sendo alvo de cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar há cerca de um mês.


Na ocasião, os policiais não encontraram a drogas, porém em novas buscas para investigação do homicídio, os policiais apreenderam porções de pasta base de cocaína, escondidos no telhado da casa, confirmando o comércio de entorpecentes na residência.

Com a identificação do suspeito, a delegada Helena Yloíse de Miranda representou, na segunda-feira (08) pela prisão preventiva de Marcelo pelo crime de homicídio qualificado. O suspeito continua foragido. A informação é da assessoria da Polícia Civil.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI