Quatro são assassinados e dois ficam feridos durante noite de terror em Sinop; três vítimas são da mesma família

A cidade de Sinop (477 km de Cuiabá) viveu mais uma noite de terror em 2017. Na noite da última quarta-feira (24), quatro pessoas foram assassinadas e duas ficaram feridas. Em um dos casos, três seriam da mesma família e estavam em frente de uma residência quando foram executados. Todos os homicídios foram cometidos por pessoas que estavam em motos, que chegaram atirando.

Conforme as informações da polícia, o primeiro caso aconteceu no bairro Dauri Riva. Quatro pessoas estavam na frente de uma residência quando quatro pessoas chegaram, em duas motocicletas e começaram a disparar contra as vítimas. Jarnunes Maia, 20 anos, Weverton Beent Maia, 14 anos e Emerson Manrique Teodoro, 16 anos, foram atingidos e morreram ainda no local.

Um idoso de 68 anos, identificado como José Maia e que também estava na frente da residência, foi baleado na perna e socorrido por uma unidade do Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Hospital Regional de Sinop. O estado de saúde atual não foi informado, mas ele está fora de perigo.

Um jovem ainda não identificado também foi executado durante a noite em Sinop, desta vez no bairro Menino Jesus. Testemunhas relaram que o atirador estava em uma moto de cor escura, passou próximo a vítima e efetuou vários disparos. Os projéteis acertaram principalmente nas costas.

Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local, mas apenas constataram o óbito do rapaz, que aparenta ser adolescente. Testemunhas disseram ainda que ele chegou recentemente a Sinop, já teria sido preso pela Força Tática com um revólver e certa quantidade de droga.

No bairro Recanto dos Passaros, um jovem de 21 anos, identificado como Cleberson Esteca dos Santos, levou dois tiros nas costas. Uma unidade de saúde móvel foi acionada e os primeiros socorros foram prestados. Na sequência, a vítima foi encaminhada para o Hospital Regional, em estado grave.

Matança em janeiro

No fim de janeiro, Sinop registrou pelo menos nove assassinatos em apenas 24 horas. Entre as vítimas estava o policial Fábio Zampião, que foi atingido por disparos durante um assalto em sua residência no fim da manhã do dia 31 de janeiro. O autor do disparo acabou morto pouco depois após trocar tiros com policiais militares.

Entre os casos está um que aconteceu na rua das Ameixeiras, no Jardim Celeste, onde Darlison Diego da Cruz, 27 anos, foi atingido quando estava caminhando. Ele foi atacado por um homem que estava em uma motocicleta. Já no bairro Boa Esperança, a polícia confirmou que Luciano Rafael Jesus, 19 anos, também foi atingido com vários disparos por um motociclista e morreu na hora.

Fonte: Olhar Direto

ÚLTIMAS NOTÍCIAS