Tribunal de Contas de MT faz levantamento da situação dos hospitais regionais de Alta Floresta, Colíder e Sorriso



HojeNews - O Tribunal de Contas de Mato Grosso está levantando a situação operacional de quatro hospitais regionais de Mato Grosso, antes administrados por OSs (Organizações Sociais), e que hoje estão sob intervenção do governo. São eles: Hospital Regional de Alta Floresta, Hospital Regional de Colíder, Hospital Regional de Sorriso e Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

Os trabalhos tiveram início semana passada, com a ida da equipe de auditores aos municípios de Sorriso, Colíder e Alta Floresta. O próximo hospital a ser visitado será o de Várzea Grande, na quinta-feira (11), disse a secretária de Controle Externo das Auditorias Operacionais, Lidiane Anjos Bortoluzzi (foto). Também compõem a comissão os auditores externos Luiz Eduardo da Silva Oliveira e Felipe Favoreto Groberio.

De acordo com Lidiane, a visita in loco aos hospitais se faz necessária porque é a única forma de conversar com funcionários e ter acesso a documentos, já que eles estão sem telefone e internet. Uma nova visita aos hospitais do interior será agendada, antes da conclusão do relatório, que deverá ser entregue à Presidência do TCE-MT até o dia 15 de junho.

O levantamento foi determinado pelo presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Antonio Joaquim, em razão do atual panorama financeiro e administrativo dos hospitais regionais de Mato Grosso. A íntegra do documento consta da Portaria 062/2017, publicada no Diário Oficial de Contas de sexta-feira (05.05). A informação é da assessoria do TCE.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI