Idosa descobre que esta ‘morta’ há 12 anos após ir a farmácia comprar remédio no Nortão de Mato Grosso

“Não estou morta, estou viva, isso não é brincadeira que se faça com os outros”. A frase é da idosa Maria de Lourdes Oliveira, de 72 anos, que descobriu na última semana que está ‘morta’ desde 2005. Isso porque no sistema da Receita Federal, aparece que a mulher veio a óbito há 12 anos.

Ela descobriu o erro quando foi até uma farmácia, na cidade de Sorriso (416 km de Cuiabá), onde compraria remédio com desconto. Aposentada por invalidez, ela teme que a situação cause outros transtornos. “Todo mundo está me ligando para saber disto e eu explico, não tenho nada a esconder”.

“Eu descobri porque fui até uma farmácia comprar remédio. Lá, o rapaz puxou isto na Receita Federal e não me vendeu o remédio. Sempre compro no mesmo lugar e ele disse que eu estava morta. Não estou morta, estou viva, graças a Deus. Eu compro direto lá porque tem o desconto para idoso. Com o problema, tive que ir para outra farmácia, mas não tive o desconto”, disse Maria ao Olhar Direto.

“A data que eles dizem que eu morri coincide com o ano em que eu vim embora do Maranhão para Mato Grosso. Faz 12 anos que eu moro aqui e agora descubro que foi feito este negócio. Estou viva, lutando pela minha vida, trabalhando. Faço conserto de roupas, costuro. O custo de vida é caro, sou aposentada por invalidez”, conta a idosa, ainda sem entender muito bem o que está acontecendo.

“Até o mês passado esse problema não atrapalhou em nada, até porque eu não sabia. Este mês, não sei o que irá acontecer. Ainda não procurei um advogado, estou esperando para ir até a Receita Federal e ver o que eles vão dizer. Não estou morta, estou viva, isso não é uma brincadeira que se faça com os outros”, finaliza a idosa.

Maria de Lourdes foi até uma delegacia e registrou um Boletim de Ocorrências (BO) por conta do fato.

Fonte: Olhar Direto



ÚLTIMAS NOTÍCIAS