Integrantes de quadrilha especializada em furtos de carretas carregadas com soja são presos no Nortão de MT

A Polícia Civil indiciou cinco pessoas investigadas em furtos de carretas carregadas de grãos de soja, na região Norte de Mato Grosso. O inquérito policial, conduzido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), será remetido à Justiça nesta quinta-feira (22.06) com o indiciado de quatro dos envolvidos nos crimes de furto qualificado em concurso de pessoa e associação criminosa, e um por receptação qualificada.

O chefe da organização criminosa, Cleo Michelangelo Sperotto, 36 anos, teve o mandado de prisão cumprido na sexta-feira, 17 de junho, depois da prisão em flagrante de integrante da quadrilha, no dia 12. São eles: o motorista da quadrilha, Marcelo Eduardo Fumegali, 28; o ‘olheiro’ da quadrilha, Claudemir Lourenço da Silva, 33, Nelson Batista Romano, 33, que dava apoio logístico, e o dono de um armazém, Edson Santos Guolo, 45.

Nelson Batista, além do flagrante, teve um mandado de prisão cumprido por crimes de roubo e associação criminosa, praticados em Juara.

Conforme as investigações, a organização é acusada de furtar nos últimos dois meses pelo menos 15 carretas nos municípios de Guarantã do Norte, Matupá, Sorriso, Peixoto de Azevedo e Sinop. O prejuízo estimado é de cerca de 2 milhões.

“Nos primeiros furtos eles pegavam as carretas descarregavam a carga e abandonavam a carreta. Nos últimos eles furtavam e sumiam com a carga e a carreta. Passamos a receber denúncias e acreditávamos que o receptador seria alguém da região”, disse o delegado da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), Ugo Ângelo Reck. A informação é da assessoria da Polícia Civil.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS