Jovem de 22 é sequestrado, estuprado e fica 6 dias sem água e comida em Mato Grosso

Um jovem de 22 anos foi sequestrado na última segunda-feira (29) e permaneceu em cativeiro durante seis dias sem água e comida, em Várzea Grande. O rapaz foi raptado próximo a Ponte Sérgio Motta. Dois dias após ter sido pego, ele foi estuprado por um dos criminosos, que decidiram soltá-lo somente ontem (4).

Conforme as informações do Boletim de Ocorrências (BO), o jovem relatou que na segunda-feira (29) estava indo para o trabalho quando foi abordado pelos três criminosos, que estavam em um carro escuro, próximo a Ponte Sérgio Motta, que liga Cuiabá e Várzea Grande. Ele foi vendado e levado até uma residência.

No local, a vítima permaneceu sem comida e água durante todo o tempo. A todo instante ele questionou os suspeitos do por que ter sido sequestrado, mas eles não responderam.

Na quarta-feira (31), um dos criminosos acabou abusando sexualmente da vítima, que não conseguiu se defender.

No domingo (4), o jovem foi abandonado no bairro Carrapicho, em Várzea Grande. A Polícia Militar foi acionada e se encaminhou até o local. A vítima estava com um ferimento na boca, de quando foi agredida no local onde ficou em cativeiro. Até agora, ninguém foi preso pelo crime.

Fonte: Olhar Direto

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI