Mãe é presa por fotografar e participar de estupro da filha de 13 anos em Mato Grosso


HojeNews - Uma mulher acusada de participar do estupro da própria filha, de 13 anos, teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Além do crime de estupro de vulnerável, F.L.S., 32, responderá por corrupção de menores e por registrar cena de pornografia envolvendo criança ou adolescente.

A ação foi realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) com apoio da equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) de Rondonópolis. As investigações iniciaram após o Conselho Tutelar de Vila Operária receber uma denúncia anônima sobre o estupro da menor de 13 anos e procurar a Delegacia Especializada da Mulher.

Segundo as informações, a mãe favoreceu o estupro uma vez que fez várias fotografias em que ela, um amigo e a filha estavam em um rio. Nas imagens, eles aparecem seminus, com o suspeito tocando partes íntimas da vítima. No mesmo, dia o homem estuprou a menina. Diante dos fatos, a delegada representou pelo mandado de prisão temporária e de busca e apreensão contra a mãe da menor, decretados pela Justiça e cumpridos na sexta-feira (02).

Na casa da suspeita, policiais encontraram os aparelhos celulares com as fotografias da adolescente, caracterizando o crime de produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente, previsto pelo artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A vítima e outros três filhos da suspeita foram encaminhados ao Conselho Tutelar. As investigações estão em andamento para identificar e prender o autor do estupro. A informação é da assessoria da Polícia Civil. (Imagem ilustrativa)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS