Mais de meia tonelada de carne é apreendida em matadouro clandestino em Mato Grosso

Um matadouro clandestino foi descoberto pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), nesta quinta-feira (22), em uma área afastada do bairro São Mateus, em Várzea grande. 

No local eram abatidos animais de forma irregular e sem as mínimas condições sanitárias. Foram encontrados 3 gados já abatidos, equivalente a mais de 500 quilos de carne.

A denúncia chegou à Dema via 197, no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Os policiais iniciaram monitoramento do local, mas até então só havia encontrado indícios do abate irregular de animais bovinos. Na manhã desta quinta-feira, flagraram três vacas cortadas em peças.


Segundo informações levantadas pelos policiais, a carne seria comercializada para açougues do bairro. O proprietário, J.R.F, 62, anos, foi conduzido a Dema e durante o interrogatório se reservou de permanecer calado. 

Ele foi autuado em flagrante por crime de poluição causada por resíduos sólidos e líquidos, contra as relações de consumo e infração de medida sanitária preventiva.


Informalmente, o dono falou aos policiais que estaria no local há apenas dois meses e que os animais abatidos foram comprados, sendo apresentado a Guia de Transporte Animal (GTA).

Fiscais da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) de Várzea Grande embargaram o matadouro clandestino e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizou perícia de constatação de danos ambientais, já que o abatedouro jogava as vísceras dos animais no solo.

A carne será descartada por ser considerada imprópria para consumo. A informação é da assessoria da PCJ.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS