Médico suspeito de amputar perna errada de paciente que morreu é afastado em MT

Foi determinada a apuração de um possível erro médico que teria acontecido no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá no final da última semana. Um paciente, transferido da Santa Casa após uma parada cardíaca, teria passado por um processo errôneo de amputação de uma das pernas.

Após a constatação do erro, a outra perna também teve de ser amputada. Ele faleceu no final de semana. O médico responsável foi afastado até o final da investigação.

A declaração da apuração foi feita pelo prefeito no programa ‘Notícia de Frente’, da TV Record. Ele disse que iria tomar as providências necessárias para punir o médico.

De acordo com a assessoria da Prefeitura de Cuiabá, foi adotada a providência legal que é possível realizar: “Foi aberto Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar procedimento e o profissional foi afastado da função até o resultado final”, afirmou o Secretário de Comunicação José Roberto Amador.

O paciente, natural de Várzea Grande, tinha diabetes e hipertensão e já entrou no Pronto-Socorro em estado grave. Ainda de acordo com a assessoria, o prontuário foi encaminhado para Conselho Profissional para apuração, e “A prefeitura deu toda a assistência à família do paciente, inclusive orientando sobre direitos e encaminhando à Defensoria Pública”.

Texto: Olhar Direto

ÚLTIMAS NOTÍCIAS