PM apreende 244 quilos de maconha e prende duas mulheres em Mato Grosso

A Polícia Militar de Várzea Grande apreendeu mais de 244 quilos de maconha e prendeu duas mulheres. A ação também levou à descoberta de transações bancárias em dinheiro supostamente feitas entre traficantes e empresas que totalizam mais de R$ 550 mil.

Parte da droga, cerca de 80 tabletes, armazenados em quatro caixas, era transportada em um táxi modelo Voayge, de cor branca. A abordagem desse veículo ocorreu na Avenida Ulisses Pompeu de Campos, área central de Várzea Grande.

No táxi, foram presas as duas passageiras: Rodcleuma Aparecida Barros da Conceição, de 39 anos, e Tamara Natali Caldas de Aquino, 26. Com informações repassadas por elas, os policiais militares chegaram ao local onde estava a maior parte da droga, 315 tabletes e algumas porções menores.

No esconderijo, uma casa no residencial Pedro Henrique Celestino, também em Várzea Grande, além da droga havia placas de veículo roubados. Um deles é o Onix prata, modelo 1.4, roubado no dia 11 de março deste ano na região do bairro Sucuri, em Cuiabá. Não havia ninguém no local.

A droga levada no táxi deveria ser entregue para um homem no estacionado de uma empresa atacadista da rodovia de Chapada dos Guimarães. Os policiais estiveram no local e a suspeita Tamara chegou a conversar com o suposto traficante via aplicativo whatsapp, porém ele não apareceu para efetivar a transação.

No celular de Tamara de Aquino havia dezenas de comprovantes de depósitos para empresas de diversas áreas comerciais. Entre os recibos estão, por exemplo, R$ 88 mil para uma papelaria; R$ 61 mil para uma empresa de importação e exportação, além de R$ 46 mil para laboratório e comércio de produtos químicos.

Aos policiais, Tamara e Rodcleuma disseram que receberiam R$ 2 mil, cada, para levar a maconha de Várzea Grande até o endereço citado em Cuiabá.

A droga, as presas e demais materiais apreendidos foram entregues a Polícia Judiciária na Delegacia de Várzea Grande. A informação é da assessoria da Polícia Militar.







ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CONFIRA AQUI