Soldado que executou 4 pessoas em boate é transferido de Brasnorte para quartel da PM em Tangará da Serra

A Polícia Militar informa que o soldado Rahel Jaime Gonçalves, de 24 anos, preso em Brasnorte sob acusação de quatro homicídios, crimes ocorridos na madrugada de quinta-feira(22.06) em uma boate da cidade, já se encontra preso no quartel da PMMT em Tangará da Serra.


A instituição esclarece que a transferência atende exigência do Código de Processo Penal Militar(CPPM), o qual determina que militar em cumprimento de prisão provisória deve ser recolhido em unidade da Polícia Militar.

O coronel Wesley de Castro Sodré, comandante do 7º Comando Regional, com sede em Tangará da Serra, enfatiza que na unidade militar o soldado não terá privilégios, cumprirá a medida em regime fechado, em cela adaptada para recebê-lo.

De acordo com a Corregedoria da Polícia Militar, para casos como o do soldado Rahel não é instaurado IPM(Inquérito Policial Militar), mas Sindicância Demissória.

O corregedor-geral, coronel Alexandre Correa Mendes, explica que o soldado Rahel ainda cumpre estágio probatório de três anos, período compreendido entre a nomeação e a aquisição da estabilidade ao qual todo servidor de cargo efetivo é submetido. O soldado ingressou na PMMT em novembro de 2015.

A Corregedoria explica ainda que o soldado deverá permanecer no quartel do 7ºCR até ser sentenciado pela Justiça ou excluído da corporação militar. A informação é da assessoria da PM.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS