Advogado de Mato Grosso morre após bater de frente com caminhão em rodovia federal

O advogado Cristóvão de Jesus Luiz Esteves, 50 anos, morreu no último final de semana (08), após colidir o veículo em que estava (Fiat Palio) contra um caminhão. O fato foi registrado na BR-070, próximo ao Distrito de Ponte Alta. A vítima é de uma família tradicional de Barra do Garças (500 km de Cuiabá) e morava em Goiânia (GO).

A vítima saiu de Barra do Garças e seguia sentido Goiânia quando o fato aconteceu. O carro em que Cristóvão estava colidiu frontalmente com um caminhão que seguia no sentido contrário ao dele. Os dois veículos acabaram saindo da pista e capotaram. O advogado morreu na hora.

Cristóvão havia passada alguns dias com a família, que é de Barra do Garças. Ele só foi identificado dez horas depois do acidente. Isso porque diversas pessoas saquearam a carga da carreta e também a carteira e o telefone celular do advogado. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Cristóvão era filho do coronel reformado Luiz Esteves e sua família é conhecida no município. A Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás (OAB-GO), onde ele era registrado, emitiu uma nota de pesar. O advogado foi sepultado no cemitério central de Barra do Garças. O caso é investigado.

Confira a nota de pesar:

É com profundo pesar e verdadeira consternação que a Comissão de Direitos e Prerrogativas (CDP) da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás (OAB-GO) comunica à advocacia goiana o falecimento de um de seus valorosos membros, o advogado Cristóvão Jesus Luiz Esteves, vítima de um trágico acidente de automóvel neste sábado (8/07).

Durante o tempo em que esteve voluntaria e dedicadamente à disposição da CDP, Cristóvão prestou serviço inestimável, pelo qual toda a categoria lhe é devedora. Parte prematuramente e deixa dolorosa lacuna nos corações daqueles que o amavam e admiravam.

Em respeito à sua memória, cumpre a esta comissão reafirmar que a luta do colega Cristóvão deixa um legado sólido de valorização e de respeito à advocacia e enobrece sobremaneira a missão da OAB e da Comissão de Direitos e Prerrogativas.

A CDP e seus membros, bem como a Diretoria da OAB-GO e Conselho Seccional, manifestam sinceros votos de pesar, unem-se em contrita oração pela alma do companheiro e rogam a Deus que conforte aos amigos e aos familiares neste momento de profunda
dor.

Fonte: Olhar Direto

ÚLTIMAS NOTÍCIAS