Mulher assalta salão de beleza após ser cobrada por dívida de R$ 200 em Mato Grosso

Quatro pessoas articuladas para cometerem crimes de roubos à residência, no município de Várzea Grande, foram presas pela Polícia  Civil. Marcos Vinícius da Silva Bastos, 20, conhecido como “Oreia”, Weverton Júnior da Silva Almeida, 21, conhecido por “Bida”, Luiz Eduardo de Campos, 19, conhecido por “Pelé”, e Daiane Lúcia da Costa Pegoraro, 21, chamada de “Daianinha”, foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa.

Os suspeitos foram identificados durante diligências ininterruptas para apurar o assalto cometido na terça-feira (18.07), em uma residência e empresa do bairro Parque Del Rei, Várzea Grande.

Na ocasião, quatro homens armados invadiram o local e renderem um casal e duas filhas, de 2 e 4 anos. Mediante agressões e com a arma apontada para cabeça de uma das crianças, os criminosos efetuaram o roubo de um aparelho Smart TV avaliado em cerca de R$ 3,8 mil, além de aparelhos celulares e diversos produtos usados em salão de beleza.

Durante a fuga, um dois criminosos deixou cair no local um cordão prata e dourado com um pingente, apreendido pela equipe da Polícia civil.

Em depoimento, as vítimas contaram que o assalto poderia ter sido uma forma de “retaliação” planejado por Daiane, pois era cliente do salão de beleza e devia R$ 200,00 ao estabelecimento. Em razão disso, a suspeita não gostou quando o proprietário do salão a cobrou pela dívida.

Conforme relatos, após a cobrança do valor devido, as vítimas perceberam movimentação estranha de motoqueiros passando devagar em frente ao salão, bem como “marcaram” um círculo com giz no muro da casa.

Com base nas informações, a equipe da Derf conseguiu identificar outros três comparsas, que agiram com Daiane. Os quatro envolvidos foram surpreendidos na noite de quinta-feira (20), no bairro Portal da Amazônia.

Ainda em poder do suspeito Weverton foi localizado o aparelho celular proveniente do roubo em investigação. Ele estava utilizando o telefone, no qual constatava fotos suas, inclusive, com o cordão e o pingente que ficaram caídos na cena do crime.

Os três rapazes e a suspeita, foram levados para DERF-V.G., interrogados e autuados por roubo majorado e associação criminosa. A informação é da assessoria da Polícia Civil.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS