Polícia Civil encontra enterrado em galinheiro corpo de jovem desaparecido e prende assassino em Mato Grosso

Um crime de homicídio ocorrido no município de Araguainha (460 km ao Sul) foi elucidado pela Polícia Civil. O autor foi preso durante investigação para apurar o desaparecimento de Weldison Rodrigues Matos, 18, no dia 29 de junho.

O suspeito Josemar Alves Sanzione, 37, responderá por homicídio doloso qualificado e ocultação de cadáver. A identificação ocorrem em trabalho realizado pelos policiais civis do Núcleo de Inteligência Operacional (NIO) da Delegacia de Alto Araguaia, que resultou na localização do corpo da vítima, na tarde de quarta-feira (05.07).

O corpo estava enterrado no galinheiro de uma casa, na região central de Araguainha, local onde a vítima Weldison Rodrigues Matos foi vista pela última vez.


Em buscas na casa, os policiais civis perceberam no quintal, próximo ao galinheiro, uma quantidade de terra umedecida e com aparência de mexida. Em seguida, foi feita a escavação da área e encontrado, a cerca de 1 metro de profundidade, o corpo do jovem desaparecido.

Diante da materialidade de crime, o morador Josemar foi conduzido até a delegacia de polícia para prestar esclarecimento. O local foi isolado e periciado pela equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Em interrogatório, o detido contou ao delegado de polícia, Carlos Roberto Moreira de Oliveira, que no dia dos fatos estava em sua casa consumindo bebida alcoólica quando a vítima chegou para beber também. Conforme o suspeito, certo tempo depois ambos acabaram se desentendendo e ao entrarem em luta corporal, Josemar matou o jovem a pauladas.

Ao assumir a autoria, o agressor disse que usou uma faca para abrir o corpo da vítima do peito até o abdômen com a intenção da “terra comer mais rápido e não deixar cheiro e vestígios”.

Com base nos indícios e provas, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão preventiva de Josemar, que será indiciado pelos crimes de homicídio doloso qualificado e ocultação de cadáver. A informação é da assessoria da PJC.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS