Polícia Civil prende irmãos por comércio de produtos de carga roubada em Aripuanã

Dois irmãos foram presos com vários objetos roubados durante a operação “Terceira Via”, deflagrada pela Polícia Civil, na terça-feira (04.07), no município de Aripuanã (1.002 km a Noroeste), para cumprimento de mandado de busca e apreensão. A ação contou com apoio da equipe do Sistema Penitenciário Estadual.

Jeferson Araújo Santos, 23, e Bruno Araújo Santos, 21, foram autuados em flagrante por receptação qualificada e posse ilegal de arma de fogo e munições. A prisão ocorreu, depois que houve a apreensão vários produtos provenientes do roubo em investigação, além de outras mercadorias sem comprovação fiscal, na loja dos irmãos.

O crime aconteceu no dia 17 de maio, nas proximidades da cidade de Juína (735 km a Noroeste), quando um caminhão Mercedes Benz, que trafegava transportando produtos do seguimento agrícola e ferragem foi parado pelos suspeitos. O motorista do veículo foi rendido e, em seguida, subtraída toda a carga que era levada.

Durante as investigações, os policiais civis descobriram que parte dos produtos roubados poderia estar sendo comercializada no estabelecimento de propriedade dos irmãos.

Diante das suspeitas foi expedido pela Justiça a ordem de busca e apreensão, na loja denominada “Casa do Agricultor”, situada no Distrito de Conselvan, cerca de 80 quilômetros do centro de Aripuanã. No local foram apreendidos correntes e sabres para motosserras, limas, facões, além de um revólver calibre 38 com numeração raspada, oito munições intactas e nove munições deflagradas.

Após o flagrante, Jeferson e Bruno foram levados até a Delegacia de Polícia, interrogados pelo delegado de polícia Alexandre da Silva Nazareth, e encaminhados para Cadeia Pública local à disposição da Justiça. A informação é da assessoria da Polícia civil.





ÚLTIMAS NOTÍCIAS