Preso ladrão que deixou bateria de tornozeleira acabar para assaltar chácara

Em diligências continuadas ao roubo praticado em uma chácara, em Várzea Grande, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos prendeu o autor do crime, que vitimou um homem de 45 anos. O suspeito, Evaldo Batista da Silva Júnior, 24 anos, foi preso nesta terça-feira (04.07), no bairro Jardim Tarumã.

Mesmo sendo monitorado com tornozeleira eletrônica, o suspeito armado e na companhia de outro, invadiu a propriedade rural. A vítima foi surpreendida pelos criminosos ao chegar à chácara e teve o veículo Classic roubado, além de 3 celulares e um par de alianças

Durante a comunicação do roubo, a vítima reconheceu um dos autores por meio do acervo fotográfico da delegacia e, agora, posteriormente, a prisão procedeu ao reconhecimento formal do suspeito. A vítima afirmou que uma das roupas apreendidas na casa do investigado era a camisa que ele usava no momento.

Segundo o delegado adjunto da Derf. Eduardo Rizotto, o suspeito, na ocasião do roubo, deixou, propositalmente, a bateria da tornozeleira acabar, para praticar o crime. O equipamento somente voltou a funcionar no outro dia.

Com o preso, os policiais também conduziram para a Delegacia um veículo Gol, com sinais de identificação visivelmente raspados nos vidros laterais. O carro está sendo chegado para identificação de queixa de roubo ou furto.

O segundo envolvido no crime continua sendo investigado no sentido de sua identificação e prisão. A informação é da assessoria da Polícia Civil.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS