Vereadores e prefeito debatem implantação do plano municipal de saneamento básico de Colíder

Os vereadores de Colíder e o prefeito Noboru Tomiyoshi se reuniram na tarde desta segunda-feira (03.07) para debater a implantação do Plano Municipal de Saneamento Básico. O governo municipal e as secretarias municipais de Infraestrutura e de Saúde continuam promovendo audiências públicas para coletas sugestões da sociedade.

Segundo o vereador Zé Moreira (PSD), líder do prefeito na Câmara de Colíder, a implantação do plano atende a Lei Federal 11.445, sancionada em 2007, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico e define que os responsáveis por esses serviços sejam os municípios.


“A reunião foi bastante proveitosa. Nós tivemos a oportunidade de ter acesso às informações da construção do plano. É um trabalho envolve toda a comunidade, para que possa fazer um planejamento ecologicamente correto, dentro das normas existentes para poder planejar Colíder pelos próximos 20 anos”, relata Moreira.

AUDIÊNCIAS

Colíder sai na frente de muitos municípios por já ter um aterro sanitário licenciado para a destinação correta dos resíduos sólidos produzidos na cidade. O plano está sendo formulado por técnicos e engenheiros da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) sob a coordenação do engenheiro Gilson Passos. 


“As audiências servem para que sejam colhidas as sugestões da comunidade no que diz respeito aos processos de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas. Também contempla cemitério”, destaca o presidente da Câmara de Colíder, Rica Matos (PSD)

Neste mês de julho será feita a apresentação final do plano. “Um dos objetivos desse plano é orientar para a melhor aplicação dos recursos públicos. Em breve, o município que não tiver o PMSB não vai receber recurso federal”, acrescenta o vereador Zé Moreira.

CAB

A implantação do plano, no entanto, também envolve a contribuição efetiva da CAB Colíder, que é a concessionária responsável pela distribuição e fornecimento de água e pela coleta do esgoto.

“Esse plano envolve metas. Por isso, o plano precisa de garantia de recursos. Não adianta fazer o plano e não haver o investimento. O prefeito Noboru realiza todo um trabalho junto à CAB para que se garanta todo o financiamento desse serviço”.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Colíder




ÚLTIMAS NOTÍCIAS