Autor de furtos em fazendas é preso com fuzil e veículo dublê em Mato Grosso

Um homem apontado como autor de diversos furtos em fazendas de Nova Xavantina (645 km a Leste de Cuiabá) foi preso em operação da Polícia Civil, deflagrada na tarde de sexta-feira (04.08). Com o acusado, Paulo Henrique Carvalho da Silva, 32, o ‘Paulo Louco”, foi apreendido um fuzil .30 de origem americana e um veículo “dublê”.

Há dias, a equipe de investigadores de Nova Xavantina estava empenhada na elucidação dos crimes contra o patrimônio, ocorridos na zona rural do município, conseguindo chegar ao nome de “Paulo louco”, como autor dos delitos. Segundo as investigações, o suspeito se deslocava até as fazendas da região do Banco Safra, a procura de propriedades vazias para realizar furtos.

Os policiais também receberam a informação de que o suspeito caçava nas redondezas, utilizando um fuzil para abater animais e que em uma ocasião matou uma vaca, que foi colocada no porta-malas de seu veículo.

Com base na investigação, o delegado Sidarta Vidigal de Almeida representou pelo mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, a qual foi prontamente atendido pelo Poder Judiciário local e devidamente cumprido na sexta-feira (04).

Na residência do investigado, foi localizado o fuzil .30 de origem americana, além de muita madeira retirada das aldeias indígenas da região, munições, uma armadilha de caça, duas motosserras, uma roçadeira de origem duvidosa e carne de caça.

No local, também foi apreendido um veículo Fiat Uno com a placa de Aragarças (GO), o qual em checagem ao sistema, constatou-se características de “Dublê”. Ao entrar em contato com o proprietário do veículo, os policiais foram informados que o veículo “original” estava com ele numa fazenda em Água Boa.

O acusado foi conduzido a Delegacia de Nova Xavantina, onde foi lavrado o flagrante por posse ilegal de arma de fogo, receptação, adulteração de sinal de veículo automotor e crime ambiental. 

Em seguida, Paulo foi encaminhado ao Presídio Major Zuzi, em Água Boa, onde permanecerá à disposição da Justiça. A informação é da assessoria da Polícia Civil.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS