Dilmar afirma que chegada de parlamentares do PSB em Mato Grosso no DEM foi avalizada por lideranças nacionais

O presidente do DEM em Mato Grosso, deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, afirmou que uma provável chegada de quatro deputados estaduais e dois federais do PSB – o grupo de Fábio Garcia - no Democratas á foi aprovada pelas principais lideranças nacionais da sigla, o presidente nacional da sigla, senador José Agripino, o presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia, e pelo presidenciável senador Ronaldo Caiado.

“Conversei muito [...] com o José Agripino, presidente nacional do DEM, com o Rodrigo Maia, conversei com o Caiado, falei da importância de trazer essas lideranças em Mato Grosso. O DEM está se preparando para possivelmente ter um projeto nacional e a gente precisa ter vários líderes. Para mim, como presidente do partido, é um grande orgulho trazer quatro deputados estaduais e dois federais”, afirmou Dilmar.

De acordo com Dilmar, as conversas com o deputado federal Fabio Garcia, ex-presidente do PSB em MT, já estão avançadas, bem como com o deputado federal Adilton Sachetti (PSB), secretário de Estado de Assistência Social, Max Russi (PSB), presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), deputado Mauro Savi (PSB) e Adriano Silva (PSB).

O deputado ainda falou que Mauro Mendes (PSB) também é bem vindo, apesar de rumores apontarem que o ex-prefeito de Cuiabá deve migrar para o PP, sendo acompanhado pelo deputado estadual Oscar Bezerra (PSB). Questionado, Dilmar afirmou que não existe nenhum problema e estendeu o convite, além de negar a existência de um problema de “excesso de lideranças”. “Se você tem medo de liderança, você não é líder. Se você tem medo de quem tem voto, você não está preparado para disputar uma eleição”, afirmou.

Fonte: Olhar Direto



ÚLTIMAS NOTÍCIAS