Homem é preso por usar foto de paraplégico em golpe para arrecadar dinheiro

A Polícia Civil de Confresa (1.160 km a Nordeste de Cuiabá) efetuou a prisão de um homem, na segunda-feira (07.08), por envolvimento com crime de estelionato. E.A.S. 38, é acusado de utilizar meio fraudulento para arrecadar dinheiro e aparelhos eletrônicos. Para comover as vítimas dizia que o filho paraplégico necessitava da ajuda para o tratamento.

Os policiais descobriram que a história era fraudulenta e o deficiente não seria seu filho. Os suspeito foi localizado hospedado em um hotel e com ele apreendido aparelhos e dinheiro adquirido com o golpe.

O suspeito usava uma fotografia que tirou com um menino no Estado do Pará, que de fato é deficiente, para comover as vítimas. Ele se aproximava das pessoas e entregava uma envelope com um texto falando que o menino era seu filho e necessita de ajuda de qualquer valor, para custear as despesas médicas com o garoto.

Segundo o delegado André Rigonato, em depoimento, o suspeito confessou que arrecadava, em média, cerca de R$ 80,00 a 200,00, por dia. Quando a pessoa não tinha dinheiro ele também aceitava produtos usados, como celulares. Com ele foram apreendidos vários aparelhos de celular e R$ 600,00.

Duas vítimas foram identificadas e ouvidas. Elas confirmarem os fatos, possibilitando a autuação em flagrante do suspeito no crime de estelionato. Em seguida, foi colocado à disposição da Justiça. A informação é da assessoria da Polícia Civil.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS