NOTÍCIAS

Major da PM é condenado pelo TJ por estuprar adolescente de 14 anos sob mira de arma em Colíder


G1MT - Um major da Polícia Militar de Mato Grosso (PM-MT) foi condenado pelo Tribunal de Justiça (TJMT) a oito anos de prisão por estuprar uma adolescente de 14 anos sob a mira de uma arma.

O crime ocorreu em Colíder, em 2002, quando a vítima trabalhava como empregada doméstica na casa do condenado. A decisão do TJMT manteve a sentença de primeira instância que já havia condenado o major.

O processo segue sob segredo de justiça e, por isso, as identidades do condenado e da vítima não foram divulgadas.

Além da prisão, o major foi condenado a perder o salário de quase R$ 13 mil e a patente. A sentença é do desembargador Luiz Ferreira da Silva, relator do processo.

Segundo o TJMT, ficou provado que a vítima foi estuprada por três vezes, enquanto trabalhava na casa do major. Conforme os autos, a adolescente era obrigada a manter relações com o major enquanto era ameaçada com uma arma.

“A denúncia e a sentença condenatória apontam que o estupro foi perpetrado com violência real (exercida por meio do emprego de arma de fogo)”, diz trecho da decisão divulgada pelo TJMT.

O major foi condenado pela prática de três crimes de estupro em continuidade delitiva, pois as ações foram desenvolvidas nas mesmas circunstâncias de tempo, lugar e modo de execução.

Fonte: G1 MT