NOTÍCIAS

Sem apoio da mãe, menina de 9 anos denuncia padrasto na escola em Mato Grosso

Menina de 9 anos, de Várzea Grande, contou à professora que estava sofrendo tentativas de estupro por parte do padrasto e o acusado acabou preso.

A informação se espalhou e o suspeito escapou de ser linchado por populares. Acabou fugindo com apoio da esposa, mãe da criança.

A vítima afirma que a última tentativa de abuso ocorreu dia 28 de agosto.

De acordo com boletim de ocorrência, o acusado, de 35 anos, vai responder por estupro de vulnerável e ameaça, já que, ao abordar a menina, teria dito que ela apanharia da mãe, caso revelasse o que estava acontecendo para alguém, e ele seria preso.

Por ter acobertado o suposto agressor, a mãe, de 25 anos, também está na condição de suspeita.

A PM foi acionada e fez buscas na região, na casa de familiares e conhecidos do padrasto, mas não o encontrou.

A diretora da escola, ao tomar conhecimento da situação, levou a preocupação ao Conselho Tutelar do Cristo Rei, que também acompanha o caso.

Uma tia paterna da menina é que está dando suporte a ela.

Por volta das 22h34min, o acusado se entregou à PM e foi encaminhado à Central de Flagrantes de Várzea Grande.