NOTÍCIAS

Mulher morre após ter 100% do corpo queimado em explosão durante Alta Floresta


Uma mulher de 21 anos, morreu depois de ter 100% do corpo queimado após a explosão de um botijão de gás nesta desta terça-feira (31), em Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá. O marido dela, de 33 anos, e a filha do casal, de 2 anos, também ficaram feridos e continuam internados.

A menina deve ser encaminhada para um leito em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O acidente ocorreu em uma quitinete para onde o casal havia se mudado recentemente.

De acordo com o médico Sérgio Dezanetti, diretor técnico do Hospital Regional de Alta Floresta, a mulher teve falência múltipla dos órgãos e morreu na unidade de saúde.

Já o marido dela, foi transferido de avião em estado grave para o Hospital Regional de Sorriso, a 420 km de Cuiabá. A filha deles aguarda uma vaga numa UTI para também ser transferida.

O acidente com a família ocorreu depois que a mulher de 21 anos acendeu um isqueiro na cozinha onde havia um vazamento de gás de cozinha, segundo o Corpo de Bombeiros.

Os moradores colocaram o botijão de gás e o ligaram ao fogão, mas a mangueira que envia o gás ao fogão se soltou, ocorrendo o vazamento de gás. A família não teria percebido que a mangueira estava solta, nem percebeu o cheiro do gás.

Além da família, uma vizinha de 16 anos ficou ferida com a explosão. No entanto, não há informações sobre o estado de saúde da adolescente.